Saiba como promover a gestão estratégica de pessoas

5 minutos para ler

A gestão estratégica de pessoas está relacionada ao desenvolvimento dos colaboradores dentro da empresa, aumento da produtividade, cumprimento de metas, gestão proativa da equipe, entre outros.

No post a seguir, descobriremos quais são os 5 pilares fundamentais da gestão estratégica de pessoas e qual é o papel do líder nesse momento. Além disso, também daremos algumas dicas para você melhorar o gerenciamento dos seus colaboradores. Confira!

Quais são os pilares da gestão estratégica de pessoas?

1. Motivação dos colaboradores

O primeiro pilar para o desenvolvimento dos colaboradores é a motivação e o engajamento aos propósitos da empresa. De acordo com a pesquisa da consultoria Right Management, funcionários motivados tendem a aumentar 50% a produtividade.

No entanto, ao contrário do que muitos pensam, o principal incentivo para isso, não está relacionado apenas com recompensa salarial, mas também a outros fatores que mostram a importância do colaborador na empresa. Veja alguns exemplos:

  • premiação;
  • honraria;
  • reconhecimento diante da equipe pelo bom trabalho;
  • participação na tomada de decisões;
  • entre outros.

2. Boa comunicação

A comunicação clara e objetiva é a base de qualquer negócio de sucesso. O gestor deve transmitir suas ideias e pensamentos de modo transparente para a equipe, de modo que todos compreendam e saibam o seu papel na empresa.

Companhias que conseguem alcançar bons resultados não funcionam na base do monólogo, no qual apenas o líder tem voz, mas estimulam a comunicação em mão dupla.

Em outras palavras, é importante incentivar os funcionários a expressarem suas opiniões e sugestões sobre projetos, estratégias, condições de trabalho etc. A cultura do feedback, de ambas as partes, deve prevalecer na organização para que todos alcancem seus objetivos.

3. Competências e conhecimentos

As pessoas têm competências e níveis de conhecimento diferentes. Em um negócio, o líder tem o dever de gerenciar as diferentes habilidades dos colaboradores, observar e avaliar desempenho, direcionar demandas específicas e desenvolver aqueles que ainda não estão preparados para receber certas tarefas.

No fim, a gestão das competências tem o objetivo de otimizar o desenvolvimento pessoal e profissional da equipe visando melhorar os resultados do negócio.

4. Trabalho em equipe

Quando os profissionais se unem para atingir um objetivo, a chance de sucesso é muito maior. É por isso que a gestão estratégica de pessoas deve sempre prezar pelo trabalho em equipe.

Para que isso aconteça, cada colaborador deve entender a importância da sua função no processo e ter a nítida percepção de que a qualidade de seu trabalho tem a capacidade de impactar de forma positiva ou negativa o resultado — tanto da equipe quanto da empresa.

5. Desenvolvimento pessoal e profissional

O mercado e a tecnologia estão sempre mudando e para as empresas acompanharem essa transformação, seus colaboradores devem estar também em constante desenvolvimento pessoal e profissional.

Sendo assim, é importante investir em diferentes treinamentos para aumentar a capacitação da equipe e estimular a melhoria contínua. Em que pese o aprendizado da parte técnica ser essencial, não deixe de lado o treinamento para o desenvolvimento humano e comportamental, focado em melhorar relações interpessoais, trabalho em equipe, criatividade etc.

Qual é o papel do líder nesse momento?

Por ser o principal responsável pelo sucesso ou fracasso do negócio, o líder tem o papel de desenvolver competências outras para gerenciar a organização: é preciso ter em mente empatia, humildade, sociabilidade etc.

Além de elaborar estratégias para manter as equipes motivadas e alinhadas ao objetivo empresarial, o líder deve cultivar a sensibilidade de saber ouvir e buscar compreender, no que for pertinente, as pessoas que trabalham ao seu lado. Assim, ao mesmo tempo que estimula atitudes profissionais, ele tem que servir de exemplo para o restante da equipe.

Como promover a gestão estratégica de pessoas?

Contrate talentos para a sua equipe

A seleção de empregados deve ter foco na escolha de pessoas qualificadas para a função, observando-se tanto as competências profissionais como as comportamentais requeridas.

Integre os profissionais

A integração dos colaboradores é considerada um dos fatores que mais potencializam os resultados de uma empresa. A partir do momento que os funcionários se transformam em um time, eles passam a ter mais compromisso e foco no cumprimento de metas.

Sendo assim, não deixe de incentivar momentos de união, tais como: treinamento em grupo, comemoração de datas especiais, entre outros.

Estabeleça metas inteligentes e desafiadoras

É válido ressaltar que uma meta precisa se basear em algumas características para ser eficiente. Ela deve ser:

  • relevante: que gere o crescimento da empresa;
  • alcançável: que seja possível de atingir no prazo determinado;
  • temporal: que tenha um tempo limite;
  • específica: que seja clara e objetiva;
  • mensurável: que seja capaz de apurar resultados.

Acompanhe as principais métricas

É papel do gestor acompanhar as métricas para identificar o desempenho da equipe e, a partir disso, tomar decisões importantes — como treinar, reciclar, oferecer promoção e eventualmente até mesmo realizar o desligamento da empresa.

Como pode ver, a gestão estratégica de pessoas tem vários pilares que precisam ser seguidos para o sucesso da organização. A prática de motivar, capacitar e estimular a boa comunicação e o trabalho em equipe entre os colaboradores é um dos papéis mais importantes da liderança e, caso seja feita da forma pertinente, tem o potencial de trazer grandes resultados para o negócio.

Aproveite para assinar a nossa newsletter! Desse jeito, você receberá atualizações dos posts futuros na sua caixa de entrada!

Posts relacionados

Deixe um comentário